Usando a Psicologia Positiva no seu relacionamento

happyblockA Psicologia Positiva é um referencial teórico que teve as suas origens após a Segunda Guerra Mundial. Naquela época, fez-se um levantamento a respeito das principais publicações da Psicologia e constatou-se que a maioria dos estudos eram a respeito das doenças, mazelas, prejuízos, transtornos, desajustamentos e noções equivalentes. Ou seja, partia-se muito do decréscimo, daquilo que a pessoa não possui, daquilo que ela não tem. E as coisas que ela possui? A partir da década de 90, por influência de Martin Seligman (pesquisador da Universidade da Pensilvânia, EUA), novos estudos começaram a ser feitos, propondo uma mudança de foco da Psicologia: da reparação de coisas ruins para o desenvolvimento de aspectos salutares e de virtudes que todos possuímos. A essa nova corrente deu-se o nome de Psicologia Positiva. E o que isso tem a ver com o seu relacionamento? Tudo.

Com a mudança de foco, você pode começar a olhar para o seu cônjuge ou para a sua relação com um olhar mais positivo, mais adaptativo. Quais as virtudes que podem ser buscadas no seu relacionamento ou quais recursos vocês possuem e que podem desenvolver (juntos ou não) para a melhoria do relacionamento? O cotidiano conjugal nem sempre vem acompanhado de coisas boas e de notícias ótimas. Mas o modo como encaramos uma relação e as suas possibilidades (de encontro, de contato, de se estar junto, de se trocar, de se construir, de se desestressar, de se apaixonar, de se sentir bem) pode mudar realmente os rumos de um casamento, de um namoro ou simplesmente de um estar a dois com intimidade.

Proponho uma mudança, um exercício. Liste num papel: a) quais as suas três melhores características; b) quais as três melhores características do(a) seu(ua) parceiro(a); c) quais as três melhores características do seu relacionamento. Quais características são comuns e quais são diferentes. Essas que são diferentes poderiam ser transpostas para o outro ou para a relação (e vice-versa)? Que tal se concentrar nelas hoje e tentar mudar o foco com que vem encarando o seu relacionamento? Não se trata de apagar os problemas (eles existem, com certeza), mas de ter consciência daquilo que vocês possuem e que podem, com certeza, ser um caminho, uma resposta, um alento ou uma solução.

Abraços a todos!

Anúncios

Autor: Fabio Scorsolini-Comin

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atuo como professor universitário e, nas horas vagas ou não, tenho como companheira a literatura. Este blog se destina a interessados em literatura, Psicologia, comportamento e toda sorte de assuntos que rendam uma boa conversa.

7 comentários em “Usando a Psicologia Positiva no seu relacionamento”

  1. Quero saber como eu faço para ver o blog normalmente na tela do meu computador, porque fica descunfigurado! Acho que tenho que atualizar meu navegador, mas nao sei como faço! Help!! Adoro as mensagens e nao consigo le-las!!

    1. Prezada leitora,
      conversei com o meu suporte técnico e ele me informou que o seu navegador pode ser antigo. Vou postar uma mensagem para saber como atualizá-lo e aí sim ver o blog com toda a sua estrutura!
      Obrigado pela participação!
      Fabio.

    2. Prezados leitores,

      Muitas pessoas têm reclamado que o blog não é exibido corretamente em seus computadores, com o texto principal sobrepondo o menu lateral esquerdo, que tem o meu currículo.

      Para corrigir isso, basta atualizar seu navegador:

      Mozilla Firefox 3.5 (recomendado)

      Internet Explorer 8

      Ao entrarem em um desses sites, vocês terão que baixar a versão mais recente do navegador. Isso pode ajudar não apenas a visualizar páginas de blog como este, como também outros site!

      Caso tenham dúvidas ou problemas, avisem nos comentários!

  2. Eu realmente preciso que minha esposa leia esse blog! Ela nao é nada aberta a mudanças e ao lado bom da vida a dois! Será que vocês nao podem enviar a divulgacao do blog pra ela? o email dela é:
    Andadinasoaresgh@gmail.com
    tomara que de certo. obrigada ae pelas ajuda!

  3. Eu gostaria de parabenizar pela iniciativa de criar esse blog! É um bálsamo para os momentos mais difíceis de um relacionamento!!

    Parabéns!! Gosto muito de ler todas as manhãs! Que o seu coracao receba em dobro!

  4. Eu já ouvi falar da Psicologia Positiva, mas achei que era mais voltada para empresas, para o desenvolvimento de competências em equipes, que legal que há outras aplicações e assim podemos estudar mais a fundo o que é essa corrente.
    Gostei muito do blog, abraço!

    1. Oi, Julio,
      obrigado pelo elogio. Então, a Psicologia Positiva vem sendo utilizada em vários contextos, o que eu ainda não vejo muito é na clínica. Mas temos na parte comunitária, na organizacional e na educacional. No Brasil ainda estamos começando a estudar essa corrente com mais propriedade, mas em países como os EUA ela já é bem forte e poderia dizer até consolidada.
      Abraços e participe sempre!
      Fabio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s