Pular de um namoro para o outro…

Estar solteiro tem o seu lado bom! Para as pessoas que já estão solteiras há um certo tempo e que querem a todo custo encontrar um amor, isso pode soar estranho. Muitas pessoas vivem no padrão automático de viver um relacionamento em seguida do outro, sem intervalos (alguns sem intervalos mesmo, é largar com um e começar com o outro). Muitos podem achar que isso é coisa de homem (nunca abandona um barco sem estar com o pé em outro), mas a realidade é que isso não depende de gênero, as mulheres também podem ser assim. Há pessoas que chegam aos 30 e namoram (não a mesma pessoa) desde os 15, sem intervalos, sem descanso.

Quando passamos automaticamente (a “progressão continuada” dos relacionamentos!) de um relacionamento a outro, podemos perder a valiosa oportunidade de fazermos o balanço entre relacionamentos. O que é que aprendemos com o término daquela relação? O que ficou por terra? O que precisa ser reconstruído, o que precisa ser lapidado ainda? Quais lições ou quais aprendizados conseguiu? Você saiu machucada dessa relação? Por que terminou ou por que terminaram? O que ficou, o que permaneceu em você, o que mudou aí dentro com isso tudo que viveu? Se vamos direto a um outro relacionamento sem fazer este exercício, corremos o risco de transferir para outra relação (e para o outro que faz o seu par) os resquícios do passado, ânimos mal definidos, mágoas não trabalhadas, cicatrizes ainda expostas.

Não passe para o outro aquilo que não é dele! Não vá para um outro namoro achando que ele vai ser igual, que vai seguir o mesmo padrão, ou mesmo que você vai ser a mesma pessoa. Você deve ter mudado pelo menos um pouco. Então, queridos, a dica de hoje é tentar aproveitar ao máximo este momento de “pausa” para se conhecer mais, para entrar em contato com as suas próprias coisas e pensar naquilo que deseja para o futuro. Fazemos isso no Natal e é muito produtivo – mas não vale só nesta data. Que pessoa você deseja encontrar e que pessoa você deseja ser? Pergunte-se isso nesse tempo que você reservar para a pessoa que mais importa: você!

Beijos e boa quinta-feira!

 

Anúncios

Autor: Fabio Scorsolini-Comin

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atuo como professor universitário e, nas horas vagas ou não, tenho como companheira a literatura. Este blog se destina a interessados em literatura, Psicologia, comportamento e toda sorte de assuntos que rendam uma boa conversa.

9 comentários em “Pular de um namoro para o outro…”

  1. Muito lindo isso que você escreveu! É verdade!
    Quando aprendemos a nos aceitar como somos e nos permitimos nos conhecer solteiros e calmos, o crescimento interior nos ajuda nos futuros relacionamentos.
    Eu fiquei, exatamente, dois anos e meio solteira. Foi um período de grande crescimento e eu percebi que não preciso de alguém para viver, mas que compartilhar a caminhada com alguém é muito bom!!
    Bjos, esse blog é especial!!!

  2. Obrigado pelo carinho, Francis!
    É, dar um tempo para se olhar é fundamental, acho que só crescemos com esse processo!

  3. nossa, vc eh um belo cronista. Se todas as nossas reinioes servirem para que vc se inspire assim, vamos nos reunir mais!

    te amo e obrigada pela amizade sempre presente, Tati.

  4. E o que eu faria da minha sem vocês, hein?
    Amo-amo-amo-vocês!

    Beijos e feliz anib=versário, minha linda!!!!

  5. Nossa Fábio,

    Esse tempo realmente nos engrandece viu…

    Sou prova viva disso tudo. Depois de quase três anos sem um relacionamento sério. Pode – se dizer que eu me avalio todos os dias, e por incrível que pareça cada dia aprendo uma coisinha a meu respeito. Isso faz com que possamos abrir mão de coisinhas bobas que fazíamos, de errinhos tolos que cometíamos. Mas uma coisa é certa: Nossa essência é a mesma viu. Se somos amorosas não nos tornaremos mulheres secas, se não somos amorosas não nos tornaremos a mais bajuladora…Isso é fato…Mas há como melhorar e o bom de tudo é quando ao longo do tempo percebemos isso em nossa maneira de agir, de falar e se colocar a frente de uma relacionamento, seja qual for…Intenso, pequeno…..qualquer que seja. Sempre traremos conosco um lição, para que não seja novamente empregada de forma errada, Nos trazendo grandes e dolorosas conseqüências.

    Abraços!

  6. Olá Francis,

    Gostaria que junto com o Fábio enfatizassem mais essa frase:

    “percebi que não preciso de alguém para viver”

    Por que no meu pensamento essa frase é essencial…
    não vejo minha vida sozinha. Saio, me divirto, trabalho….
    Mas preciso de uma amor do meu lado para o sol brilhar mais,
    para contemplar coisas simples da vida. Parece que quando estou
    com alguém tudo tem cor, mas quando essa pessoa vai embora volto
    á minha realidade do tudo CINZA.

  7. Mila,

    é importante fazer o exercício interno de se olhar. Se você se acha sem cor e só outra pessoa pode te trazer isso, pode ser o indício para se olhar ainda mais e buscar certas respostas. As pessoas obviamente são muito importantes em nossas vidas, mas nós também somos importantes! Para nós mesmos, inclusive! Somos nós quem podemos ver ou dar cor àquilo de vemos, sentimos e vivemos!

    Beijos!

  8. Fa, ninguém vai para outro relacionamento achando que vai ser a mesma coisa. As pessoas vão p outro justamente por achar q com a pessoa nova vai ser tudo diferente e mais lindo. Pq se pensassem assim talvez nem namorassem mais. Ñ entendi seu modo de pensar assim???

    1. Oi, Flávia, obrigado pela sua mensagem. Eu compreendo que sempre queremos acertar e viver coisas positivas e que nos fazem bem. Mas é importante sempre refletir para que não cometamos os mesmos erros, para que não busquemos as mesmas pessoas (perfis), enfim, para que usemos esse tempo entre uma relação e outra para nosso amadurecimento. Para o nosso bem-estar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s