2012 motivos para aproveitar 2010

Há uma campanha nos trens (comboios) em Portugal que diz mais ou menos assim: "Não fiques a ver os comboios a passar".

“Como será o amanhã?, responda quem puder! O que irá me acontecer? O meu destino será como Deus quiser!”. Mas por que será que a gente gosta de uma cigana que leia o nosso destino e nos diga se seremos felizes ou não? O fato é que vivemos em tempos de instabilidade e não seria má ideia saber o que, de fato, irá nos acontecer. Isso poderia diminuir a nossa angústia, a nossa ansiedade, enfim, nos ajudaria a esperar com mais serenidade aquilo que “está escrito” em nossa história. Mas se engana quem acha que isso nos aliviaria, pelo contrário. No final do ano passado, o filme 2012 foi lançado como uma promessa de bilheteria e de expectativas acerca do fim do mundo. Recordo-me que essas previsões ocorrem sempre e continuarão a existir, uns diziam que isso seria no ano 2000 (já se passaram 10 anos e cá estamos!). As previsões mudam de ano (eles ainda insistem em coincidências de datas, tão previsíveis que são), de “teóricos” (Nostradamus, os incas, os maias, os astecas, daqui a pouco os baianos e daí vai), mas o sentimento é sempre o mesmo, dar uma resposta à nossa sociedade, aos nossos desejos e às buscas que operamos em nossa vida.

Acreditem, o sentido não está em trabalhar até o fim do mundo, em namorar até que o mundo acabe ou de não casar, pois o mundo vai acabar mesmo. Se você se guia por isso para escolher os seus caminhos (ou mesmo para não trilhá-los), saiba que pode estar perdendo um tempo precioso da sua vida. Não deixe de estudar, de amar e de transpirar porque você acha que tudo pode ruir em 2012. Na verdade, pode ruir antes, o que marca o fim é a morte (sim, ela é certa) e não o fim do mundo (se for certo, é bem mais incerto ou nem estejamos aqui para ver isso). Os seus problemas não vão desaparecer como mágica e você não vai ser mais feliz se descobrir que será feliz no futuro. Mas você pode ser mais feliz se começar a trabalhar para isso (de dentro para fora e de fora para dentro) desde já, sem se preocupar com a garantia de felicidade. Esta garantia simplesmente não existe, mas buscar o bem-estar, resgatar a alegria e ver que as suas experiências podem ser bem mais satisfatórias se você encará-las como especiais, isso sim pode mudar o modo como você está se colocando diante da vida.

Ninguém sai ileso do processo de aprender a viver e isso deve ficar claro para todos. Sem datas, sem previsões, sem respostas automáticas e sem chaves do sucesso, isso só faz sentido na autoajuda. A vida é concretude, é o que absorvemos dela, são as dores, os desejos e os sonhos que nos colocam de pé dia após dia. Vai ficar se lamentando porque eu não te dei uma resposta? Se me permite uma dica, não espere mais para ir em busca das coisas que realmente fazem sentido na sua vida, por mais que isso doa, engorde ou te traga uma ou outra dor de cabeça. Se me permitir, poderei dar 2012 motivos para que faça isso.

Beijo grande, bom jogo da seleção para todos e vamos viver que 2010 já está no meio!

Anúncios

Autor: Fabio Scorsolini-Comin

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atuo como professor universitário e, nas horas vagas ou não, tenho como companheira a literatura. Este blog se destina a interessados em literatura, Psicologia, comportamento e toda sorte de assuntos que rendam uma boa conversa.

5 comentários em “2012 motivos para aproveitar 2010”

  1. Fabito..
    Já estou mais recuperada do meu pé da bunda.. rs.
    Ainda bem que o fundo do meu poço tem mola e amigos lindos que me chacoalham me acordando pro AGORA, que como você disse é o que importa e é o que temos que viver.. 🙂
    Às vezes dá mesmo aquela ansiedade e a gente acaba se preocupando mais com o que pode acontecer amanhã, esquecendo que o que vai acontecer no futuro depende das nossas escolhas hoje e que ficar esperando o tempo passar não vai levar a lugar algum..
    Nós temos que viver um dia de cada vez e aproveitar cada detalhe, pois o amanhã é incerto e talvez não estaremos aqui para aproveitá-lo..
    Saudades imensas!
    Beijos.

    1. Aline!
      Ninguém está ileso de sofrer, mas garanto que isso vai te ensinar muitas coisas e depois você vai voltar arrasando e de bem com a vida! A gente só consegue saber aquilo que quer ou dar valor naquilo que já tem quando “sofre” um pouquinho por isso. Chore, desabafe e depois volte à tona como quem quer mais é viver mesmo!
      Beijos!!!

  2. É , realmente temos que viver intensamente cada dia … por a morte, aah essa sim é certa ! E MEU DEUS … ja estamos no meio de 2010 … isso me da medo!

  3. Oi, Cléber, não tenha medo não! É só aproveitar mais, o tempo voa e a gente tem que seguir a mesma lógica, mas sempre entrando em contato com as nossas questões. Abraços!

  4. Muito legais as suas considerações. E olha que eu cheguei aqui movido pela força do acaso… Acho que os “2012 motivos” são desdobramentos de um só motivo, que é o simples fato de estarmos vivos.
    Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s