Quanto tempo dura a fase de adaptação?

Antigamente, os pesquisadores acreditavam que a gente se desenvolvia muito quando era criança, desde o nosso nascimento, ao passo que íamos nos estabilizando ao longo do tempo. Quanto mais chegávamos à fase adulta e à velhice, menos nos desenvolvíamos. Atualmente, essa ideia vem sendo bastante criticada, uma vez que se compreende que o desenvolvimento ocorre ininterruptamente. O que temos são fases críticas, são momentos de crise e, especialmente nessas oportunidades, podemos nos desenvolver de modo mais expressivo que em outras fases. Mas o fato é que somos seres fadados à adaptação. Nós nos adaptamos todos os dias. Mas não é porque conseguimos nos adaptar que temos, necessariamente, que nos adaptar a tudo, e mais, não precisamos nos adaptar de modo imediato.

Um novo emprego, uma nova cidade, um novo amor, uma nova configuração familiar, uma mudança de planos, tudo isso nos leva à adaptação. O que eu quero dizer é que não precisamos nos cobrar para que essa adaptação ocorra de modo rápido e sem maiores crises. Obviamente, quando mudamos para algo que seja melhor, é mais fácil nos adpatarmos. Mas nem sempre. Para passarmos de uma fase a outra, precisamos elaborar alguns lutos importantes: do emprego que ficou para trás, do chefe chato que não mais nos aflige, dos amigos que ficaram em outra cidade, das facilidades que existiam na outra cidade, e até mesmo das dificuldades que enfrentava em seu dia-a-dia. É preciso que tenhamos consciência das coisas que mudaram em nossa vida e pensar de que modo poderíamos favorecer essa mudança. Refletir sobre ela é uma das dicas. Mas a mais importante é que não temos que nos cobrar. Não temos que nos dar um prazo para nos dizer: enfim, adaptados! Estar em fase de adaptação pode ser uma forma de nos cobrar menos, de nos culpar menos e de nos abrirmos, de fato, às novas possibilidades. A mudança não tem que ser um processo traumático e irreversível. Tem que ser um processo normal da vida. Mudar é preciso, viver é preciso, respirar é preciso e dar-se tempo para a adaptação nossa de cada dia é também fundamental para mudar e também para viver.

Beijos a todos e boas mudanças!

Fabio.

Anúncios

Autor: Fabio Scorsolini-Comin

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atuo como professor universitário e, nas horas vagas ou não, tenho como companheira a literatura. Este blog se destina a interessados em literatura, Psicologia, comportamento e toda sorte de assuntos que rendam uma boa conversa.

3 comentários em “Quanto tempo dura a fase de adaptação?”

  1. Essa é a mais pura verdade, tentarei seguir seus conselhos…estou há três anos tentando me adaptar em uma cidade beeem distante da minha, não sei qd isso vai acontecer, espero que seja logo.

  2. estou há um mês morando em uma cidade muito longe da minha que sempre morei a vida toda (tenho 34) e acho q estou ficando depressiva. Oq era pra ser so felicidade ta virando tristeza e confusão de sentimentos.

  3. Eu morava no ES e me mudei pra BH pq meu marido foi transferido, morei em BH por 2 anos e entrei num processo de depressão, decidi voltar sozinha para o ES, fiquei lá por 06 meses e muito bem psicologicamente só que tive que voltar pra BH pois meu casamento não estava suportando a distancia. Estou em BH novamente a 03 meses e me sinto desesperada, parece que tudo que eu sentia antes está voltando, estou triste, sem perspectiva, me sinto enjaulada nessa cidade que pra mim não tem nenhuma qualidade de vida. Sinto raiva daqui. Não sei como lidar com isso. Todos os dias busco me preencher com o consumismo e invento coisas para tentar tapar esse vazio, mais ele sempre me acompanha. Não sei se vou suportar estar aqui por muito tempo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s