Alguns motivos para ir ao cinema sozinho

Algumas coisas são tabus em nossas vidas, não importa qual seja nosso grau de instrução ou nosso nível de consciência sobre a realidade. Algumas coisas simplesmente são ou não são. Sempre achei que cinema fosse coisa para frequentar com alguém. Das vezes que fui ao cinema sozinho foi como se as pessoas olhassem e dissessem: nossa, ele está sozinho! nossa, ele não tem ninguém para acompanhá-lo! que triste ir ao cinema sozinho, ainda mais de fim de semana! Se fôssemos olhar para as estatísticas (há estatísticas para tudo, deve ter para isso também), comprovaríamos que a maioria das pessoas que vão ao cinema aos finais de semana são casais. Quem quiser ver um casal, experimente ir ao cinema no sábado ou no domingo à noite (já fiz isso só para analisar esse aspecto). Uma pessoa desacompanhada neste ambiente, muito provavelmente, vai ser facilmente identificada, tal como um peixe fora d’água.

E quem disse que cinema aos fins de semana é programa para casais? Obviamente que eu não estou falando das sessões de matinê de R$ 2,00 (as famílias com mais de 3 filhos adoram essas sessões, nem que seja reprise de Avatar). Ir ao cinema sozinho pode ser uma boa oportunidade para muitas coisas, vamos a elas:

(1) Uma chance de você estar sozinho mesmo, pensando somente em si, agradando apenas a si mesmo, de maneira mais solta, mais leve, menos comprometida ou com necessidade de agradar mais alguém. O bom de estar sozinho é ter responsabilidade apenas com o que você quer. Individualista demais? Ah, é só um fim de semana, todo mundo merece!

(2) Você não precisa dividir a pipoca ou o refrigerante. Se você estiver sem grana, pode fazer dessa pipoca o seu almoço ou o seu jantar. Não que isso seja saudável, mas um fim de semana fazendo isso não vai torná-lo obeso, hipertenso ou diabético. Permita-se!

(3) Você pode aproveitar muito a sessão sem ninguém para distrai-lo com um beijo, um comentário, uma risada escandalosa ou qualquer coisa do gênero. E se estiver solteiro, pode ser, talvez (nunca dá para saber essas coisas) que encontre alguém lá na mesma situação que você: sozinho. E daí o programa que você foi para curtir sozinho pode ficar, de repente, compartilhado. Eu escrevi que ir ao cinema não me parecia um programa ideal para ir sozinho, mas não disse nada a respeito de como você vai sair da sessão.

Brincadeiras à parte, estar sozinho pode ser muito bom, se você estiver precisando disso para se autoconhecer e também para valorizar mais as suas companhias e as coisas que você pode – ou não – fazer: sozinho ou acompanhado. Se estiver sozinho, vá ao cinema. Se estiver acompanhado, vá ao cinema. Olhar a vida ampliada na tela – seja ela real ou fictícia – pode ser um bom divertimento para o fim de semana, independente do seu status ou das coisas que você deseja. Só não vale querer fazer isso sozinho sempre.

Mas a parte da pipoca é verdade.

Beijos e boa sessão,

Fabio.

Anúncios

Autor: Fabio Scorsolini-Comin

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atuo como professor universitário e, nas horas vagas ou não, tenho como companheira a literatura. Este blog se destina a interessados em literatura, Psicologia, comportamento e toda sorte de assuntos que rendam uma boa conversa.

12 comentários em “Alguns motivos para ir ao cinema sozinho”

  1. Essa semana fui sozinho ao cinema. Há um tempo atrás tinha tb esse mesmo pensamento: Que terrível, ele está só num momento que é tão “dois”. Mas aprendi que essa questão do “dois” é gostosa, é boa, mas não pode ser limitadora. Não tem ninguém? Corra e vá sozinho!! Concordo com vc Fábio!! Mas a única coisa chata disso tudo é que ADORO comentar o filme no final, depois da sessão, ainda mais se gostei muito… e, nesse momento, falta a companhia. Mas, mesmo assim, não deixo de ir!!! beijos e Boa Semana!!

  2. Essa foi boa: ensaiei ir ao cinema no sábado e no domingo, mas acabei ficando em casa, depois fui caminhar. Foi um fim de semana mais de reflexão do que de ação. E esta semana vai ser cheia, então vamos em frente! Ótima semana para você, querido!

  3. Já fui muitas vezes..e é muito bom!

    Na última vez fui à um congresso em outro estado e aproveitei para ir ao cinema e fazer muitas coisas que eu não faria se tivesse algum conhecido por perto rs Foi no meio da semana, me infiltrei no meio das crianças e fiquei gritando junto.

  4. eu vou sempre sozinho! nunca existe pessoas que queiram desprender tempo com pessoas alheias. como foi dito no texto e bom pra avaliar nossos reais amigos

  5. Oioi’ rs;

    Antigamente, mil novecentos e lá vai bolinha, rs; eu ia muito ao cinema sozinha, depois a turma cresceu e passei a ir em bando, acontece que deu uma baita saudade de ir sozinha novamente, minha pipoca, o filme que eu quero ver, sem ninguém falando, brincando, só a grande tela (que particularmente amo) e eu! *-* GOSTEI das observações, concordo! 😉

    PARABÉNS !

  6. Ontem, pela primeira vez, fui ao cinema a só. Ao contrário de muita gente, eu não me senti sendo observado pelas outras pessoas com cara de ” Ah, que pena ” (Eu fui em pleno feriadão nacional, então pense num cinema lotado!). Uma coisa que percebi quando fui sozinho é que aparecem muuuuitos casais e algumas pessoas sozinhas também…
    A vantagem é que eu usei os 2 apoios de braço, huhauahuhua.

  7. sou do tipo, que só gosta de ir sozinho…tenho namorada, amigos, irmã, irmão mas peguei esse abito e passei a gostar de ir sozinho…nunca me importei com quem eu vá, fazer algo que goste não precisa esta acompanhado e olha já aprontei muito sozinho…kkkkkkkk

  8. GENTE SE LIGA,VOCÊ CHAMA A PESSOA NA MAIOR BOA VONTADE,A PESSOA SEMPRE TEM UMA DESCULPA PRA NÃO IR : VOCÊS TEM QUE APRENDER A OLHAR A SI MESMO,NÃO FICAR DEPENDENDO DAS PESSOAS PRA SE DIVERTIR, NÓS TEMOS QUE PARAR DE OLHAR AS PESSOAS QUE FINGEM SER NOSSO AMIGO(A) ETC..

  9. Cansei de ir sozinho, e uma vez a mulher aind me barrou pois pensou que eu era de menor…isso até os 22 anos, quanfo fiz 23 encontrei uma namorada, estava mais bonito, cheguei lá e botei pra quebrar, isso são momentos davida…mas tem de encarar mesmo… enfrentrar o problema de frente.

  10. Já fui ao cinema sozinho, não foi fácil tomar a iniciativa, estava com medo de alguma coisa, inseguro. Mas fiz esse um desafio, vi o filme que estava ótimo por sinal. E ainda fiz um lanche forever alone no Mac Donald’s. Não arrependo em nada, foi até divertido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s