Latitude 03º43’02″S

Eles estavam em latitudes diferentes, separados geograficamente como nunca estiveram. Também pudera, a história dos dois era recente demais, nem um mês ainda. Mas não parecia. Principalmente quando se olhavam e viam um ao outro numa perspectiva que não é acessível a qualquer um que nos interpela. Ninguém os veria da mesma forma. Não seriam percebidos nesse quase segredo que brotava de um para o outro. E as latitudes não iam dizer nada sobre o que era, o que tinha sido e o que poderia acontecer dali em diante.

Os sentimentos embaralhados e uma vontade de já dizer que se estava com saudade, com saudade um do outro. Não tem medida para dizer que a hora é certa, então convencionaram que apenas diriam, um ao outro, na medida do desejo de cada um. Quando é que já se pode dizer que se está com saudade? Quando se pode mostrar ao outro que já não é possível – nem mesmo se quer – viver sem o outro? Há de chegar um dia em que não faremos mais essas questões todas.

Entrou no mar, salgou-se no mar, como era bom sentir nos lábios aquele sal todo, a areia em todos os poros, a mesma sensação de que tudo seria diferente dali em diante. Pediu proteção a Iemanjá. Colocou os nomes dos dois sobre aquela onda bonita que a rainha do mar mandou. E confiou como nunca havia confiado antes. No mar, no balanço, naquilo que vem.

As latitudes hão de se encontrar em breve, os dois corpos, contrariando a física, hão de ocupar o mesmo espaço. Um dentro do outro. E os dois juntos por onde a vida for. Fortes como esse gosto de sal. Mansos como essa onda. E perenes como assim são as latitudes.

Anúncios

Autor: Fabio Scorsolini-Comin

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atuo como professor universitário e, nas horas vagas ou não, tenho como companheira a literatura. Este blog se destina a interessados em literatura, Psicologia, comportamento e toda sorte de assuntos que rendam uma boa conversa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s