Água com açúcar

Hoje falei com uma tia minha muito querida e que vejo muito pouco. Ela ficou viúva faz mais de três anos. Era apaixonada pelo meu tio, construíram juntos uma família linda, de filhos igualmente apaixonados por eles, acho que foram mais de 40 anos de união.

Toda vez que falo com a minha tia ela me conta algo do meu tio. Fala dele sempre no presente. Ele gosta de tal comida, ele dorme em tal horário, toma água com açúcar todos os dias antes de dormir, tem medo de ir ao médico, medo de temporal, tem medo de morrer. Seus olhos brilham quando fala dele, meu saudoso tio. Minha tia segue sua vida, faz pequenos passeios com os filhos, está criando as netas. Me diz que é muito difícil ficar sem o meu tio, que só quem perdeu o marido é que pode saber. Na sequência, como que para se reparar, fala que perder um filho deve ser terrível também. Mas que a falta do marido é enorme.

Não sinto pena dela, nem compaixão, pois esses são sentimentos muito ralos diante do amor que ela narra no presente. Ela me conta tudo sobre o dia da morte dele, cada detalhe. Conta que ele bebeu água com açúcar quando começou o temporal. E o infarto o levou sem dor. Conta de quando o conheceu, das paqueras na praça, quando cantavam o hino nacional. Teve o noivado, o casamento. Hoje em dia tudo isso se perdeu, pontua.

Entendo minha tia. Também sinto muito. Não consigo cognitivamente oferecer uma explicação à altura de todos os anos que estudei sobre o assunto. Também sinto coisas no presente, como se nada tivesse passado, o corpo ainda vivo. – Vamos jantar terça-feira? Não, não mais. não há quem responda. 

Minha tia repete a história de sempre porque sempre há de doer. Há coisas que não hão de passar. Mas hoje também vou tomar uma água com açúcar antes de dormir.

Anúncios

Autor: Fabio Scorsolini-Comin

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Atuo como professor universitário e, nas horas vagas ou não, tenho como companheira a literatura. Este blog se destina a interessados em literatura, Psicologia, comportamento e toda sorte de assuntos que rendam uma boa conversa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s